“SOCIAL”

Padrão

OS TRABALHOS SOCIAS FEITOS PELO GOVERNO LULA,COMO DE CANDIDATOS LOCAIS TEM CRESCIDO, COMO CRESCE O DESEMPRENGO ,ESTE SUBSIDIO NÃO PASSA DE UM ACALENTO MALVADO ,VOCÊ DA O PEIXE NA BOCA DO CIDADÃO AO INVÉZ DE DA A VARA PARA PESCAR,ELE SE ACOMODA E NÃO PROGRIDE EM NADA ,É MAS FACIL.O GOVERNO TEM QUE SUBSIDIAR A EDUCAÇÃO ,A SAÚDE, O CIDADÃO TEM QUE TABRALHAR.TUDO NÃO PASSA DE UM COMPRA DE VOTOS DE LONGO PRASO,É O CABRESTO, QUEM TÁ NO GOVERNO ETERNISA NO PODER ,QUANDO A CONTITUÍÇAO PERMITE, OU ATE MESMO POR EMENDA CONSTITUCIONAL,DISFAÇADA DE DEMOCRATICA.

PENSE

Padrão

A ESTÓRIA DA VIDA DE CADA UM
ESTÁ PRESENTE O SIMPLES
OLHAR AS ESTRELAS
VER O PÔ DO SOL
QUEM CANTA OS MALES ESPANTA
SER AMIGO PODE SER UMA DÁDIVA
PENSE.

A QUALQUER PREÇO

Padrão

NOSSA…?
Que a juventude,transviada,desviada
Se perde em descontentamento,drogas
E a solução seja grande repressão,de nada
Resolve o proibido,que é refrigério
As atitude de quem detem o poder
Policia,bandido, se perde em guerras tolas
Somente para cego,estórias sem sentido
Mesmo !só cego de ouvido
Dinheiro do sub-mundo acomoda interesses
Político bom ? Só morto, e morto seu discurso
A democracia? verdadeira representação das oligarquia
Aqui e muitos países,se acomoda os interesses
As drogas não são dos interesses
Sustenta muitas maquinas
De fazer política e economias que dependem
Comunidades sob esse domínio,sabe
Quão fácil seria,se outros interesses,não prevalecesse.

 

ÉTICA,LEALDADE E HONESTIDADE

Padrão

Muito se vê hoje, em política, na vida social,muito mesmo,”o sujeito” faz qualquer coisa ,passa por cima de tudo e todos,para conseguir algo,é coisa da natureza humana ,né? Mas tem gente que erra na dose,joga sujo mesmo.Vamos ao que eu quero com o texto.Palavras são inquestionáveis; ser honesto nem sempre é ético,como até mesmo pouco inteligente,por que? Não sou honesto? A resposta e uma variável,ser honesto na maioria das vezes é necessário,no longo prazo é a atitude mas inteligente,aquele velho ditado, “mentira tem perna curta” mas,porem honestidade em excesso pode ser burrice ou até mesmo ingenuidade.Vou contar uma pequena história: tinha um amigo em comum,éramos insuperáveis andávamos pelos bares da vida,com uma viola e muita disposição para cantarolar com os amigos na madrugada de Copacabana, diga-se de passagem,ele,o amigo é que tocava e cantava, ele era o simpático da dupla, não que eu não o seja,mas ele superava, pôs bem, arrumou uma namorada nessas andanças e pagodes,fiquei amigo dela também e a rotina passou a ser a três, e olha ! Curtíamos mesmo, eu arranjava umas ficadas,esse termo não era usado na época,bebíamos, e a noite era uma criança;um belo dia precisou viajar a trabalho por uns dias,quase um mês,foi aí que a coisa pegou,num destes dias ou melhor,madrugada,encontrei a namorada do amigo e um outro amigo nosso das noites “o jacaré” que Deus tenha acolhido sua alma,já falecido,no dia seguinte “jacaré”contou para todo mundo e para mim ter ficado, a fulana, e algumas cozinhas mais; aí veio meu acesso de honestidade, assim que meu amigo chegou eu fui logo ético;”não posso fazer isso,como me pediram,vou contar,meu amigo não merece isso;”e contei, ele correu ao prédio dela, e debaixo olhando para o apartamento dela,no primeiro andar,começou a gritar e chama-la de todos os impropérios que você possa imaginar,ela desceu para acalma-lo,aí a coisa piorou ele a agrediu fisicamente;passado a bazófia,ela o procurou,jurou,por Deus e todos os santos que não fizera nada que eu era mentiroso,chamou “o jacaré” como prova,claro “jacaré”não iria dizer que aconteceu, fiquei desacreditado,perdi um grande amigo por ter sido honesto,aí está uma honestidade burra.Dirigi um táxi no Rio de Janeiro e motorista de táxi as vezes também é analista,tal são as pessoas que desabafam contigo,uma senhora muito saudosa de seu esposo,o marido fora senador da República,disse;filho, na política quem não transige não governa,o político tem que ser muito ético e aético,ético para com o povo e aético para administrar,aí perguntei,como assim? Como ser ético e aético? Se você tem uma verba para receber,para melhorar geral para a população e você banca o durão,que seu direito de receber tem que prevalecer,sem dá os dez por cento, você fica sem receber, e a população sem os benefícios e você politicamente morre,nesta aí você tem que ser aético para administrar,mas na hora de aplicar o dinheiro você tem que ser ético com o povo,aí está uma desonestidade de sobrevivência,não é correto,o sistema é incorreto.